Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: https://hdl.handle.net/10953/1601
Título: Los Parques Patrimoniales. Un Instrumento de Desarrollo Sostenible
Autoría: Cuesta Aguilar, María José
Moya García, Egidio
Jiménez Serrano, Alejandro
Resumen: O desenvolvimento económico regional conta nos últimos anos com instrumentos estratégicos fundamentais, como são os conceitos de paisagem cultural e parque patrimonial, que constituem uma forma sustentável de englobar a conservação e o desenvolvimento territorial. Nas primeiras décadas do século XXI aparecem estes conceitos na ciência regional como uma oportunidade de futuro para um território que tem uma temática específica, uma história singular, paisagens de grande valor e uma identidade cultural coletiva. Este é o caso do espaço onde se desenvolve o projeto que propomos, o parque patrimonial do rio Nilo entre a cidade de Assuão e a Primeira Catarata. A deterioração paisagística que se está a produzir neste lugar nos últimos anos, junto às oportunidades de desenvolvimento que oferece essa paisagem cultural milenária são os motivos que convertem esta proposta em uma ótima alternativa para sua conservação e também para oferecer uma atividade turística atraente, que enriquece a cultura, a identidade local e o desenvolvimento económico.
Palabras clave: desenvolvimento local sustentável, parque patrimonial fluvial, paisagem cultural.
Fecha: 2013
Patrocinador: Facultad de Educación de Coimbra (ESEC)
Editorial: Instituto Politécnico de Coimbra: Escola Superior de Educação (https://www1.esec.pt/index.php)
Citación: Cuesta, M.J.; Moya, E. y Jiménez, A. : Los Parques Patrimoniales. Un Instrumento de Desarrollo Sostenible. Exedra: Revista Científica, ISSN-e 1646-9526, Nº. 7, 2013, pp. 7-18
Aparece en las colecciones: DAGH-Artículos

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Aportacion-LosParquesPatrimoniales-4389856 (2).pdf580,34 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está protegido por copyright original